Camaçarí / BA - 26 de Fevereiro de 2024
Publicado em 24/11/2023 10h59

Justiça baiana prorroga prisão temporária de marido de Sara Mariano

Sara Mariano foi encontrada morta às margens da BA-093, na altura de Dias D’Ávila, em uma área de mata
Por: Aratu online

A Justiça prorrogou a prisão temporária do marido da cantora gospel Sara Mariano, Ederlan Mariano, por mais 30 dias. Ederlan está sendo investigado como o mandante do assassinato da esposa, morta no dia 27 de outubro.

Sara Mariano foi encontrada morta às margens da BA-093, na altura de Dias D’Ávila, em uma área de mata. Parte do corpo dela estava carbonizado. Antes disso, a cantora ficou desaparecida por quatro dias, e Ederlan chegou a dar entrevistas lamentando o desaparecimento e solicitando doações via Pix para ajudar nas buscas.

Ederlan Mariano foi o primeiro suspeito a ser preso, no dia 28 de outubro. De acordo com o Euvaldo Costa, responsável pelo caso, ele “deixou clara a intenção de destruir as possíveis provas que estavam armazenadas no celular da vítima e prejudicar as investigações dos fatos”. Ele teria atuado com outros três comparsas para realizar o crime.

Comente essa notícia