Publicidade
Camaçarí / BA - 24 de Maio de 2022
Publicado em 08/02/2022 08h27

Jovem que defendeu envenenamento de Bolsonaro em rede social recebe “visita” da PF

Os agentes da PF apenas conversaram com o jovem para saber o contexto da publicação
Por: Metro 1

Jovem que defendeu envenenamento de Bolsonaro em rede social recebe “visita” da PF

Foto: Reprodução

Por: Metro1 no dia 07 de fevereiro de 2022 às 21:00

 

Agentes da Polícia Federal (PF) estiveram na manhã desta segunda-feira (07) na casa de uma analista de sistemas de Caicó (RN). O rapaz sugeriu o envenenamento do presidente Jair Bolsonaro (PL), que irá visitar a cidade nesta terça-feira (08). Os policiais apenas conversaram com o jovem para saber o contexto da publicação, feita em uma rede social.

Segundo o jornal o Globo, no domingo, Bismark Victor respondeu a uma notícia no Instagram sobre a visita de Bolsonaro com o seguinte texto: "Quem será q vai fazer o serviço de colocar veneno? Faz falta alguma. É até um serviço de bem para a sociedade".

Outro usuário questionou se ele estava cogitando envenenar o presidente, e Victor respondeu: "eu não cogito envenenar ele pq não tenho acesso, mt menos trabalho onde ele vai ter acesso nos lugares q ele vai pisar aqui em Caicó. Mas seria uma boa!".

Após a repercussão da postagem, agentes da PF estiveram nesta segunda na casa do analista de sistemas, que tem 23 anos. De acordo com o seu advogado, Navde Rafael, eles passaram cerca de cinco minutos no local e questionaram o contexto da publicação. Não houve mandado de busca e apreensão. Por telefone, a assessoria de imprensa da PF no Rio Grande do Norte confirmou que foi feita uma "entrevista" com ele.

“A priori, não tem nenhum desdobramento (judicial). Ficou nessa visita. Ele colocou isso fora de contexto, está extremamente arrependido” disse o advogado. De acordo com Rafael, Victor teve sua conta no Instagram deletada e está sofrendo ameaças.

Publicidade

Comente essa notícia