Publicidade
Camaçarí / BA - 25 de Junho de 2022
Publicado em 28/03/2022 10h48

Operação investiga suspeitas de crimes na Câmara de Vereadores de Madre de Deus

.
Por: BN

Divulgação/MP-BA

A 'Operação Pixel' do Ministério Público da Bahia (MP-BA) apreendeu celulares, notebooks, cheques e documentos em Madre de Deus, na Região Metropolitana de Salvador. Realizada em parceria pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e 7ª Promotoria de Justiça de Proteção da Moralidade Administrativa e do Patrimônio Público de Salvador, a operação é resultado de uma investigação que apura delitos contra a administração pública envolvendo a contratação, pela Câmara de Vereadores do município, de empresa fantasma para prestação de serviços de tecnologia da informação.

De acordo com o MP-BA, são investigados serviços como a locação de software destinado à operacionalização de painel eletrônico utilizado nas sessões da Casa Legislativa, à tramitação de projetos de lei e à consulta, pela população, da legislação municipal e das atividades desenvolvidas pela Câmara.

A 2ª Vara Criminal Especializada da Comarca de Salvador deferiu o pedido de busca e apreensão, formulado pelo Ministério Público, com base na existência de indícios da prática de crimes de peculato-desvio, de fraude em contratação pública e de associação criminosa.

O nome da operação faz referência aos pixels, pequenos elementos coloridos que formam uma imagem digital, como as do painel eletrônico de votação utilizado pela Câmara Municipal de Madre Deus.

Publicidade

Comente essa notícia