Publicidade
Camaçarí / BA - 24 de Maio de 2022
Publicado em 18/03/2022 23h29

Divulgadas as primeiras atrações confirmadas no São João de Cruz das Almas, no Recôncavo da Bahia

Grade de shows inclui Wesley Safadão, Adelmario Coelho, Solange Almeida e Tayrone.
Por: G1 BAHIA

Pode ser uma imagem de 5 pessoas, pessoas em pé e área interna
Foram divulgadas, nesta sexta-feira (18), as atrações confirmadas para o São João de Cruz das Almas, no Recôncavo da Bahia. O evento, conhecido como um dos melhores festejos juninos do estado, acontece entre os dias 22 e 26 de junho.
Eu Te Explico 🎙: Será possível retomar os festejos juninos no interior da Bahia em 2022?
O prefeito do município, Ednaldo José Ribeiro, espera arrecadar R$ 5 milhões com o ciclo de festas. O anúncio das atrações aconteceu em um restaurante de Salvador e contou com apresentação do cantor Adelmário Coelho, que está entre os artistas que se apresentarão na festa.
Confira as atrações:
Adelmário Coelho;
Wesley Safadão;
Tarcísio do Acordeon;
Solange Almeida;
Maiara e Maraísa;
Tayrone.
Outras atrações também devem ser confirmadas nos próximos meses. Adelmário contou que está ansioso pela retomada dos eventos juninos. Na sua agenda estão planejados shows nas cidades baianas de Senhor do Bonfim, Santo Antônio de Jesus e Camaçari, além de em Caruaru (PE) e Aracaju (SE).
"A expectativa é grande. Há ansiedade para que esse momento se torne realidade. Estamos vendo uma luz de que poderemos ter o nosso São João e as festas nordestinas, como Santo Antônio e São Pedro. Muita gente da nossa cadeia produtiva vem sofrendo", comentou Adelmário.
Após dois anos longe dos palcos no São João, Adelmário diz estar cheio de novidades para apresentar ao público. "É frio na barriga, expectativa grande e repertório novo, criado especialmente para esse retorno. Com certeza vem muita coisa nova por aí", completou.
 
Festas canceladas nos últimos anos
 
O anúncio da festa em Cruz das Almas é um importante exemplo de como gestores de municípios da Bahia seguem na expectativa de retomada dos festejos juninos. Nos últimos dois anos, os eventos foram suspensos por conta da pandemia da covid-19.
RUI COSTA: Governador da BA vê possibilidade de realização de festas no São João, mas cita 'precipitação' em flexibilização no uso de máscaras
No início de março, o podcast Eu te Explico, produzido pela equipe do g1 Bahia, reuniu convidados que discutiram a possibilidade de retorno das festas (clique aqui e ouça). Foi evidenciado que, para o São João acontecer, é crucial ampliar o contingente de vacinados no estado e reduzir os casos ativos da Covid-19.
Foram entrevistados o presidente do Conselho Estadual de Saúde, Marcos Sampaio, o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Zé Cocá, e o prefeito da cidade de Conceição da Feira, João de Furão, que anunciou festejos juninos no município desde novembro do ano passado.
Os entrevistados sinalizaram a necessidade de que até abril o governo do Estado anuncie se os festejos serão liberados na Bahia. Esse é prazo máximo para que seja possível organizar a festa.
Um levantamento feito pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), mostrou que, em 2021, por conta da pandemia, 24 mil empregos formais e informais deixaram de ser gerados nos setores com atividades correlacionadas aos festejos juninos.
O prejuízo pelo cancelamento da festa recai também na redução de impostos arrecadados. Somente com o ICMS, o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, a redução de arrecadação em 2021 foi de R$ 79 milhões nos setores ligados ao São João.
Publicidade

Comente essa notícia